We Need To Talk About Kevin (2011) - 009


Quatro pizzas e meia.

Título Original: We Need To Talk About Kevin
Direção: Lynne Ramsay
Roteiro: Lionel Shriver (romance); Lynne Ramsay (roteiro); Rory Stewart Kinnear (roteiro)
Gênero: Drama
Origem: Estados Unidos
Duração: 112 minutos
Tipo: Longa-metragem
Cor: Colorido

Trailer
IMDb

Precisamos Falar Sobre Kevin (em português) é um filme intenso baseado no romance de Lionel Shriver (não entraremos na questão se o livro é melhor que o filme) que me deixou sem fala, além de muito pensativa me pondo no lugar da personagem principal.

De forma não-cronológica, o filme conta a história de Eva (Tilda Swinton) em sua tentativa de manter seu casamento enquanto se esforça para amar Kevin, seu filho mais velho, de temperamento difícil e insensível, mas a relação dos dois é muito conturbada desde sempre e ela tem dificuldade de se manter perto do menino. Além de tudo, Eva parece ser a única que vê Kevin como realmente é e na adolescência o menino piora seu comportamento, afetando a todos da cidade onde vive.

Fui assistir o filme sem esperar muita coisa, mas logo ele me roubou o folego. A narrativa é bem mais lenta, deixando com que o expectador tenha a experiencia de sentir os dias da personagem. Ao acompanhar Kevin com a família, especialmente com a mãe, gera um certo incomodo estranho e um sentimento de querer fazer alguma coisa sobre a situação.
Devo ressaltar que além da atuação fantástica da Tilda Swinton, o menino que interpreta o Kevin quando pequeno (Jasper Newell) é muito bom e o Ezra Miller (Kevin adolescente) está perfeito.
Precisamos Falar Sobre o Kevin é um ótimo filme, tem cunho psicológico e te envolve, mas um aviso para quem não gosta de filme parado: mesmo com as cenas mais arrastadas, vale muito apena esperar para ver o que acontece com Eva e sua família. Sério.

Não dei nota máxima pela forma arrastada que a história é contada, mas a direção é muito boa e quero frisar mais uma vez a atuação da Tilda Swinton e do Ezra Miller que dizer que ambos são surrealmente fantásticos não é exagero.


Sugestão da Luiza.

2 comentários:

  1. Na terceira vai!

    Favor me perdoar por estar sempre pedindo filmes para o blog, mas é que adoro vê-los por aqui. ♥︎
    Tilda e Ezra juntos num filme não tinha como o resultado ser diferentes, a atuação deles é realmente fantástica e carrega o enredo (que concordo, é arrastado em alguns momentos). Com certeza merecem as quatro pizzas e meia. A última metade você pode mandar aqui pra casa, por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro suas sugestões porque são realmente filmes muito bons de se assistir. Obrigada por ser leitora e pelo apoio <3
      A pizza ta a caminho.

      Excluir